Hipnose

 

Desde 1994 atuo no consultório com hipnose Erickssoniana, nunca como um fim em si mesma e sim como uma excelente ferramenta de trabalho.  A hipnose Erickssonina é um método seguro de obter as informações pertinentes ao caso clínico que por diferentes motivos, tais como: a censura, a repressão, e a negação, ficam isoladas em uma área mental, onde estão protegidas da consciência devido à incapacidade do paciente ao lidar com estes conflitos no momento em que eles surgem.

 
Milton Ericksson, desenvolveu este método nos anos 50, quando tentava enfrentar a sua  doença degenerativa dos músculos que o impediu gradativamente de se locomover. Através do trabalho auto hipnótico conseguiu minimizar as fortes dores que o acometiam. Daí a ampliar sua atuação para com seus pacientes foi um hiato de tempo em que produziu muitas obras até hoje estudadas. Muitas vezes, durante o trabalho terapêutico, as informações  ficam armazenadas em uma área do cérebro aonde só é possível alcançá-las através de um  estado de consciência alterada.
 
A hipnose é um estado mental no qual  a atenção do indivíduo  fica extremamente concentrada  no si mesmo e, com a autorização e vontade do cliente é possível acessá-las  por intermédio de comandos verbais modelados para cada tipo de personalidade proporcionando assim,  um relaxamento das funções cognitivas racionais e abrindo a mente inconsciente que se descortina através de imagens e memórias mais arcaicas com forte conteúdo emocional.
 
Em geral as pessoas sempre perguntam se não há risco de  ficarem “perdidas” ou “estagnadas”  dentro do si mesmo, uma vez que não estão no estado de alerta mental.
 
Isto não acontece, devido a segurança da técnica Erickssoniana, pois é possível acompanhar o trabalho mental da pessoa em transe através dos sinais corporais emitidos pela pessoa durante o transe. Inclusive é   estimulada a  audição  de  todos os sons ambientais tais como: toque de telefone, passos, vozes, sons de aviões e helicópteros etc... de forma que o paciente se sente  mais seguro, pois percebe que, é possível  estar aqui no presente ... mas também é possível estar lá em algum lugar de sua mente inconsciente.  E tudo isto, acontecendo ao mesmo tempo, um tempo quântico, por assim dizer...